Pages

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Evolução Mental

A eclosão da mente é fato indiscutível nos arraiais da ciência espiritualista, perpassando a história dos povos, remontando a épocas longínquas. Rebuscando nas dobras do tempo e do espaço incomensurável, ser-nos-á fácil aceitar o impulso evolutivo de todas as criaturas, senão de todas as coisas.
A mente é uma fornalha de temperaturas variáveis, de conformidade com a evolução da alma, onde se purificam todos os sentimentos provindos dos mais secretos escaninhos do espírito. Ela é como um carimbo divino, que autoriza ou não que os impulsos do ser possam ser conhecidos, na dimensão espiritual e na faixa física. Os pensamentos que emitimos, ao escaparem de nós, se agrupam, por lei, aos seus semelhantes e, em muitos casos, voltam ao seu criador, como nuvens de abelhas retornando ao apiário a atormentar-nos, ou a abençoar-nos, dependendo da sua formação no laboratório da mente. 
O homem mais ou menos evoluído notará as qualidades dos seus pensamentos bem antes da formação das idéias, por perceber suas ondas nas profundezas de si mesmo, razão por que poderá modificá-los na fecundação do consciente em toda a sua estrutura engenhosa, aderindo a agregado energético das formas sentimentos altruísticos, que correspondem a todas as outras virtudes, fazendo assim um trabalho de mestre de si mesmo, agindo como cooperador do progresso espiritual. 
É fácil notar uma alma despertada para as reformas morais.
Basta um pouco de pesquisa, de psicologia, desde que não resvalemos para a crítica anunciada ao pé do ouvido, aderindo nela a mentira. A honestidade é o molde de grandes qualidades. A pesquisa, nesse campo, é somente para estudo individual. A pessoa, por muito que esconda, deixa passar, no que pensa, no que fala e no que vive, o que verdadeiramente é, e o resultado das nossas observações individuais muito nos servirá na auto-análise, tanto quanto na educação de que ainda carecemos.
A evolução da mente é lei universal, em todos os mundos. E a nossa participação é como acessório da mesma lei vigente em toda a criação. Aprendemos por ingentes esforços mas somente o que já se encontra feito ou descobrimos métodos estruturados na vida desde o princípio das coisas. A nossa parte é, certamente, a mais simples, no entanto, de grande eficiência para nós mesmos. 
A evolução requer esforço, dor e sacrifício. Seu roteiro é, na realidade, o que o Cristo deixou para todos nós, subindo o calvário com a cruz, e ainda nela sendo crucificado. Não existe outro caminho, a não ser quando aprendermos o amor verdadeiro, que começa a aparecer nos invisíveis pontos luminosos da mente, a refletir, na personalidade, como cortesia, amabilidade, tolerância, compreensão, caridade, bom senso etc. Eles poderão aumentar de tamanho, atingindo toda a área mental, tornando-se um sol, se o espírito passar a viver, por amor e alegria, as leis estabelecidas pela Inteligência Soberana, nosso Pai e Pai de todas as coisas criadas. Do contrário, a ignorância nos domina, a dor nos acompanha, e toda a sorte de problemas nos coage, até o tempo explodir nossas qualidades guardadas no seio da própria vida. 
Pensamentos negativos são notas dissonantes na harmoniosa orquestração da mente, e as boas idéias fortalecem o cérebro, revigoram os nervos, estendendo as bênçãos do bem em todo o complexo biológico. É hora de participarmos com mais intensidade da nossa evolução mental, procurando conhecer todos os horizontes da mente, para trabalharmos com proveito na grande construção do super-homem de amanhã. Começando hoje, com sutis toques de reformas de costumes, amanhã o trigo já estará maduro. Poderemos arrancar o joio, para novos e fecundos plantios. Esse é o impulso irresistível da evolução.
Avancemos. 
Espírito Miramez

0 comentários: